Uma rosa na janela


 

Como em contos, as fadas, seus passos lentos .

Ele estava lá, em algum lugar distante, desconhecido .

Oblíquo..

Ruas sem fim , um mar azul.

Sentimentos ainda confusos, mas eu já sentia o seu perfume .

Oferendas ...

as rosas ainda estão nos jardins.

Brisa suave das manhãs me encantam.

Êxtase .

Sussuro por você e já posso te sentir .

Ternura .

Acalma, aquece, perturba ...

Alento, deslumbrador ..

Querubim!

 



Escrito por Miriam Goes às 19h48
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 
Histórico


Votação
Dê uma nota para
meu blog



Outros sites
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis